Blog do Marcel Rizzo

Arquivo : Luan; Grêmio; seleção brasileira

Luan bate Dudu e Lucas Lima e clubes europeus avaliam gremista em R$ 83 mi
Comentários Comente

Marcel Rizzo

Luan, destaque do Grêmio na temporada (Crédito: Lucas Uebel/Grêmio FBPA)

Luan, do Grêmio, é o jogador brasileiro com melhor mercado para a janela de transferências da Europa entre julho e agosto de 2017, segundo agentes de futebol consultados pelo blog. Nesta avaliação ele bate Lucas Lima, do Santos, e Dudu, do Palmeiras, destaques no futebol brasileiro na atualidade e que também devem receber propostas.

E mais: o valor de mercado de Luan, 24 anos, segundo clubes consultados pelos intermediários, gira em torno dos 25 milhões de euros (R$ 83,5 milhões). No começo da semana, o site especializado em negociações Transfermarkt o classificou como o jogador da Série A brasileira mais valorizado, mas com uma quantia subestimada de 12 milhões de euros (R$ 40 milhões).

Luan é vendido por agentes a clubes europeus como a terceira peça de um tridente talentoso da geração olímpica medalha de ouro, formada por ele, Gabriel Jesus e Gabriel Barbosa. Esses dois já foram negociados à Europa, por números superiores à avaliação atual de Luan.

Jesus foi do Palmeiras ao Manchester City por 32 milhões de euros (R$ 107 mi), e Barbosa do Santos ao Inter por 29 milhões de euros (R$ 97 mi). O menor valor para Luan, comparado com os dois, têm dois motivos: primeiro a idade. Jesus tem 20 anos, Barbosa vai completar 21, e Luan já está um pouco acima, com 24.

Há também o fator seleção brasileira. Gabriel Jesus, quando vendido, já despontava como candidato a se firmar na seleção principal, e, antes de se machucar, se tornou titular do time de Tite. Gabriel Barbosa também teve mais chances do que Luan na principal, participando de uma Copa América, a de 2016, com Dunga. Não foi bem, mas ao ser vendido isso não pesou.

Os clubes do exterior, principalmente os do grande mercado europeu (Alemanha, Inglaterra, França, Espanha, Itália), ainda levam muito em conta as convocações, e o desempenho, dos atletas na seleção brasileira, por considerarem uma prévia do que eles podem fazer em confrontos internacionais.

Luan tem uma convocação para a seleção principal, em janeiro deste ano. Tite chamou apenas atletas em atividade no futebol brasileiro para enfrentar a Colômbia, em jogo feito para levantar verba para a Chapecoense, que teve quase todo o elenco morto em acidente aéreo, em novembro.

O Grêmio, segundo informou seu vice de futebol. Odorico Roman, tenta renovar por mais um ano o vínculo de Luan – o atual vence no fim de 2018. Em entrevista dada ao “Zero Hora” após a vitória de 3 a 2 sobre o Iquique pela Libertadores, na terça, Roman disse que aposta na permanência de Luan. O clube admitiu anteriormente ter rejeitado oferta de 15 milhões de euros (R$ 50 milhões) pelo jogador. Resta saber se uma de 25 milhões de euros também seria recusada.

Luan é natural de São José do Rio Preto, interior de São Paulo, e foi no América, clube local, que começou a jogar na base. Ele se destacou na Copa São Paulo de Juniores de 2013, quando fez seis gols, e depois disso chegou ao Grêmio, onde terminou sua formação na base até ser promovido ao profissional em 2014.


< Anterior | Voltar à página inicial | Próximo>