Blog do Marcel Rizzo

5 jogadores do Palmeiras receberam proposta. Como o clube segurou todos

Marcel Rizzo

Dudu foi comprado integralmente pelo Palmeiras (Crédito: Friedemann Vogel /Getty Images)

Dudu foi comprado integralmente pelo Palmeiras (Crédito: Friedemann Vogel /Getty Images)

A diretoria do Palmeiras bloqueou a venda de cinco jogadores na janela de transferências deste início de 2017 – os principais países europeus não podem mais contratar desde 31 de janeiro. O zagueiro Vitor Hugo, o volante Tchê Tchê, os atacantes Dudu e Roger Guedes e a revelação Vitinho tiveram propostas para deixar o clube, mas o Palmeiras recusou.

Clubes da Turquia, Alemanha e Itália enviaram ofertas, mas a prioridade foi a de manter o elenco para a disputa, principalmente, da Libertadores, que pela primeira vez este ano durará a temporada toda.

O Galatasaray ofereceu 5 milhões de euros (R$ 17 milhões) por Vitor Hugo, mas o Palmeiras achou pouco. A aposta no clube é que o zagueiro possa se consolidar como uma das opções de Tite na seleção brasileira, o que o valorizaria – ele foi chamado para o Jogo da Amizade, entre Brasil e Colômbia, em janeiro, no Rio.

Vitinho, de apenas 18 anos, foi procurado por representantes do Bayern de Munique, em valores semelhantes ao oferecido por Vitor Hugo – a informação foi revelada pela ESPN.

Só que o Palmeiras apresentou ao meia um plano de carreira, que prevê sua utilização com mais frequência no time principal em 2017, o que o seduziu. A promessa já foi cumprida e ele foi inscrito entre os 28 atletas que disputarão o Paulistão, ficando com a vaga que, inicialmente, estava programada para Hyoran, contratado da Chapecoense.

Um clube italiano queria levar, de uma leva só, Tchê Tchê e Roger Guedes, pagando cerca de 15 milhões de euros (R$ 50 milhões). O Palmeiras correu e renovou os contratos dos jogadores, que respectivamente são do clube até o fim de 2019 e de 2021.

Houve aumento salarial para ambos, e também valor maior de multa rescisória para o mercado do exterior. No caso de Dudu, que foi procurado por uma equipe da Alemanha, o Palmeiras acertou a compra de 100% de seus direitos econômicos.

As renovações de Tchê Tchê e Roger Guedes, além da compra da totalidade de Dudu, serviram para melhorar os contratos dos atletas também contra o mercado que mais tem comprado atletas na atualidade, o chinês.

Multa maior, e salário maior, inibiram os chineses de procurar palmeirenses neste início de ano — a janela de transferências na China termina no fim de fevereiro.

Clique aqui para ler mais sobre o Palmeiras