Topo
Blog do Marcel Rizzo

Blog do Marcel Rizzo

Categorias

Histórico

Título da Copa do Brasil valerá ao Cruzeiro R$ 3 mi a mais do que ao Fla

Marcel Rizzo

27/09/2017 10h00

O título da Copa do Brasil vale para o campeão R$ 6 milhões. Só que dependendo do time que levantar a taça na noite desta quarta-feira (27), no Mineirão, o valor total pago ao vencedor da edição 2017 do torneio mata-mata da CBF poderá ser R$ 3 milhões superior.

Se o Cruzeiro for o campeão, o time mineiro terá embolsado R$ 12,8 milhões pela disputa da competição, contando a premiação final (de R$ 6 mi) pela taça. Caso seja o Flamengo, esse total cai em R$ 3,1 milhões, para R$ 9,7 milhões – o primeiro jogo da decisão, no Maracanã, terminou 1 a 1, portanto quem vencer nesta quarta ganha o título, e novo empate leva a definição para os pênaltis.

Por que a diferença? O Cruzeiro começou a disputar a Copa do Brasil desde a primeira fase, em fevereiro (são sete), portanto arrematou cotas por quatro etapas antes de o Flamengo entrar na competição, nas oitavas de final, já que foi um dos brasileiros que participou da Libertadores. Desde 2013, os participantes do torneio sul-americano voltaram a jogar a Copa do Brasil, mas entrando a partir das oitavas por ajuste de calendário.

Em 2017, o Cruzeiro recebeu até agora seis cotas, totalizando R$ 6,8 milhões. Se for campeão, soma-se mais R$ 6 mi e chega-se aos R$ 12,8 mi. Caso perca a final, ganhará mais R$ 2 milhões, totalizando R$ 8,8 milhões.

O Flamengo, em três cotas até o momento, arrematou R$ 3,7 milhões, portanto com o título chega aos R$ 9,7 milhões, e se for vice termina com R$ 5,7 mi.

Houve, na CBF, no começo do ano uma reclamação informal de clubes que disputariam a Libertadores, e só entrariam na Copa do Brasil a partir das oitavas, de que o valor total pago, ao final do campeonato, deveria ser igual para o time campeão, independentemente da fase que entrasse –para isso a cota daqueles que chegassem da Libertadores seria maior nas oitavas, quartas e semi, para que aparecesse na final com a mesma quantia arrecadada que um rival que não tivesse jogado o torneio sul-americano – caso do Cruzeiro, por exemplo.

A CBF não topou, mas prometeu analisar para o torneio de 2018, que terá aumento substancial nas cotas devido ao novo contrato de televisão fechado com a Globo, que valerá do ano que vem até 2022. O campeão levará mais de R$ 68 milhões.

Atualizado às 14h38

Sobre o Autor

Marcel Rizzo - Formado em jornalismo em 2000 pela PUC Campinas, passou pelas redações do Lance!, Globoesporte.com, Jornal da Tarde, Portal iG e Folha de S. Paulo, no qual editou a coluna Painel FC. Cobriu Copas do Mundo, Olimpíada e dezenas de outros eventos esportivos.

Sobre o Blog

Notícias dos bastidores do esporte, mas também perfis, entrevistas e personagens com histórias a contar.

Mais Blog do Marcel Rizzo