Blog do Marcel Rizzo

Novo torneio da CBF cresce, mas não terá Corinthians, Palmeiras e cariocas

Marcel Rizzo

Torneio que a CBF tenta emplacar em seu calendário, o Brasileiro de Aspirantes aumentará em 2018, sua segunda edição. O campeonato, para atletas de até 23 anos, teve 10 times em 2017, e este ano serão 16. Mas ainda sem a maioria das principais equipes do Brasil.

Dos 12 clubes de maior torcida, somente cinco estarão presentes: Grêmio, Inter, Santos, São Paulo e Cruzeiro. Em janeiro, a CBF enviou convite aos seus 20 clubes mais bem ranqueados, e Corinthians, Palmeiras, Flamengo, Fluminense, Botafogo, Vasco e Atlético-MG optaram por não participar — a principal alegação foi de não ter atletas suficientes na idade para montar os elencos.

Nem mesmo o calendário mais longo, com torneio realizado de maio a novembro, incentivou algumas equipe a entrarem – em 2017, a competição foi elaborada e realizada em três meses, entre outubro e dezembro, e o Inter foi o campeão ao bater o Santos na decisão.

O Brasileiro de Aspirantes é um dos torneios preferidos do futuro presidente da CBF, Rogério Caboclo. A entidade avalia como chance de que mais atletas tenham emprego garantido, já que muitos clubes dispensam jogadores após os 21 anos quando não podem mais usá-los na base e não há espaço nos profissionais.

Há intenção de que o calendário se fixe junto com o das Séries A e B, e que essas partidas possam ser, na maioria dos casos, preliminares dos jogos do Brasileirão, como maneira também de incentivar a presença de torcedores mais cedo nos estádios — poderia atrair famílias e elevar o consumo nas arenas, por exemplo.

Para tentar convencer as principais equipes projetos estão sendo avaliados, como até um jogo entre o campeão brasileiro de aspirantes e um time europeu da mesma categoria (sub-23) — falou-se até no campeão da Premier League 2, o torneio inglês em que os poderosos times testam jogadores mais novos.

Para esse ano, haverá premiação aos jogadores, em cada rodada e ao final da competição, quando também serão premiados treinadores e o artilheiro.

Os 16 clubes participantes serão Grêmio, Inter, Atlético-PR, Coritiba, Figueirense, Avaí, Santos, São Paulo, América-MG, Cruzeiro, Goiás, Bahia, Vitória, Sport, Santa Cruz e Chapecoense. Eles serão divididos em dois grupos de oito, e a CBF ainda está definindo qual será o restante do formato da competição.