Topo
Blog do Marcel Rizzo

Blog do Marcel Rizzo

Categorias

Histórico

Neymar não é mais o capitão da seleção, mas Tite ainda "arrasta" a novela

Marcel Rizzo

28/05/2019 04h00

Neymar e Tite durante treino da Seleção Brasileira (Crédito: Marcello Zambrana/AGIF)

Tite fez o que todo mundo esperava: tirou a faixa de capitão de Neymar. O lateral-direito Daniel Alves terá a braçadeira na Copa América, função aliás que já seria dele na Copa do Mundo da Rússia se não fosse a lesão que o deixou fora da competição. Uma decisão que, ao que parece, estava tomada há algum tempo, mas que demorou a ser anunciada e ficaria ainda mais um tempo guardada se não fosse a revelação dos colegas da Globo.

É compreensível que o treinador queira anunciar com calma, após falar pessoalmente com as personagens da história, mas Dani já sabia, antes de chegar a Teresópolis, que será o capitão. Há dez dias, Tite anunciou os 23 convocados e o tema Neymar, faixa de capitão e comportamento do camisa 10 protagonizaram o evento. O técnico poderia, ali, ter matado o assunto, anunciado Dani como o capitão, dando sua explicação para a decisão e ponto final.

LEIA MAIS:

Tite tira faixa de Neymar e Daniel Alves será o capitão na Copa América

Neymar agride torcedor do Rennes após derrota na final da Copa da França

Neymar reclama de pênalti marcado contra o PSG: "Uma vergonha"

O caso, porém, se prolongou. E ainda se prolongará. Dani desembarca em Teresópolis nesta terça (28), e já estará ao lado de Neymar, que antecipou sua chegada no final de semana passado. E sabe quando Tite dará sua primeira entrevista na Granja Comary, pré-amistosos data Fifa e Copa América? A previsão é 4 de junho, daqui a uma semana portanto, na véspera do amistoso contra o Qatar. Serão pelo menos mais sete dias em que o assunto Neymar, Dani Alves e capitão da seleção vai tomar conta das manchetes.

Fatos extracampo tiraram a tarja de Neymar: a reclamação contra a arbitragem e a agressão a um torcedor após derrota para o Rennes na final da Copa da França, que renderam suspensões pelo PSG na França. Quando decidiu fazer de seu camisa 10 e melhor jogador o capitão da seleção, Tite disse que era hora de Neymar ter mais responsabilidade. A princípio essa ideia falhou. Resta saber o que pensa o treinador agora para motivar seu craque.

Sobre o Autor

Marcel Rizzo - Formado em jornalismo em 2000 pela PUC Campinas, passou pelas redações do Lance!, Globoesporte.com, Jornal da Tarde, Portal iG e Folha de S. Paulo, no qual editou a coluna Painel FC. Cobriu Copas do Mundo, Olimpíada e dezenas de outros eventos esportivos.

Sobre o Blog

Notícias dos bastidores do esporte, mas também perfis, entrevistas e personagens com histórias a contar.

Mais Blog do Marcel Rizzo