Topo
Blog do Marcel Rizzo

Blog do Marcel Rizzo

Categorias

Histórico

Tite acena que pode correr menos riscos com Coutinho na Copa América

Marcel Rizzo

31/05/2019 04h00

Philippe Coutinho pode começar Copa América no banco (Crédito: Pedro Martins/Mowa Press)

Foi um esboço, ainda faltam chegar jogadores, Neymar está se recuperando de dores no joelho e nem treinando no campo está, mas Tite deu um sinal de que a má fase de Philippe Coutinho no Barcelona pode afetar sim a participação do meia na seleção brasileira. No treino fechado de quinta (30) para a imprensa, e aberto para convidados que se divertiram em lives de redes sociais mostrando o time, Lucas Paquetá trabalhou no que se pode chamar neste momento de equipe titular.

"Eu corro todos os riscos como treinador, inclusive esse (manter o Coutinho titular). Esses riscos e a pressão em cima das minhas escolhas são inevitáveis do cargo e do meu trabalho. A minha coerência com o Coutinho é dar uma sequência ao trabalho dele", disse Tite após os amistosos de março. Pós convocação para a Copa América, há duas semanas, novamente o técnico disse que tinha que levar em conta o que Coutinho fez pela seleção para acreditar nele.

LEIA MAIS:

Coutinho chega à seleção após ano ruim e vira foco de pressão em Tite

Coutinho entra na mira de Chelsea, United e PSG, diz jornal

Veja quais serão os jogos do Brasil na Copa América

O esboço de time que colocou em campo mostra que o técnico pode correr menos riscos. É cedo para falar em escalação para a estreia na Copa América, em 14 de junho contra a Bolívia, mas o esqueleto que colocou em campo na quinta pode ser a base para o amistoso de quarta (5), contra o Qatar, em Brasília.

Se Paquetá render nos treinos, pode ser esse homem de ligação que Tite parece querer para a Copa América. Há preocupação sobre como Coutinho tem absorvido as criticas que recebeu no Barcelona, não é descartado que seja negociado, portanto a confiança do treinador no meia pode continuar alta, mas não está intacta.

Neymar pode não estar recuperado das dores e ser poupado contra o Qatar, Alisson e Firmino estarão recém-chegados da Europa, onde sábado (1) jogam a final da Liga dos Campeões, e não estarão em campo em Brasília (devem ficar no banco). No ataque, Neres, Richarlison e Gabriel Jesus aparecerão no amistoso provavelmente, mas dois fatalmente sairão quando Neymar e Firmino estiverem prontos.

Sobre o Autor

Marcel Rizzo - Formado em jornalismo em 2000 pela PUC Campinas, passou pelas redações do Lance!, Globoesporte.com, Jornal da Tarde, Portal iG e Folha de S. Paulo, no qual editou a coluna Painel FC. Cobriu Copas do Mundo, Olimpíada e dezenas de outros eventos esportivos.

Sobre o Blog

Notícias dos bastidores do esporte, mas também perfis, entrevistas e personagens com histórias a contar.

Mais Blog do Marcel Rizzo