Topo
Blog do Marcel Rizzo

Blog do Marcel Rizzo

Categorias

Histórico

A última vez que o Brasil enfrentou Messi em jogo de Copa

Marcel Rizzo

29/06/2019 04h00

Abbondanzieri; Zanetti, Ayala, Gabriel Milito e Heinze; Mascherano, Cambiasso, Verón e Riquelme; Messi e Tevez. Esta foi a pesadísssima escalação da Argentina na última vez que brasileiros e argentinos se enfrentaram em um torneio de Copas — o blog considera o Superclásico das Américas, ressuscitado e enterrado nessa década como uma competição amistosa, apesar de valer uma taça.

Quando e quanto foi o jogo? Na final da Copa América da Venezuela, dia 15 de julho de 2007, o time comandado por Dunga venceu por 3 a 0 e foi campeão. A escalação do Brasil? Doni; Maicon, Alex, Juan, Gilberto; Mineiro, Josué, Elano (Daniel Alves), Júlio Baptista; Robinho (Diego) e Vágner Love (Fernando). Um time recheado de caras novas conseguiu derrotar com sobras a Argentina estrelada com Verón, Zanetti, Riquelme, Messi e Tevez. Foi a primeira e última vez que o Brasil enfrentou Messi por Copas.

LEIA MAIS:

Argentina vence a Venezuela e pega o Brasil na semi da Copa América

Brasil espanta fantasma do Paraguai e vai para a semifinal da Copa América

Filipe Luis não participa de treino e será reavaliado para enfrentar a Argentina

Desde então, Brasil x Argentina jogaram amistosos, jogaram o Superclássico, quase sempre com times Bs, e se enfrentaram, claro, em eliminatórias para Copas, mas não nas Copas, seja do Mundo ou América. Em duas oportunidades esse confronto bateu na trave, ambas por culpa do Brasil.

Em 2014, a seleçao perdeu a semifinal do Mundial, no Mineirão, para a Alemanha, no jogo conhecido como "7 a 1", pelo placar final, e não foi ao Maracanã pegar a Argentina na decisão. Em 2015, derrota nos pênaltis para o Paraguai, na Copa América do Chile, evitou que o Brasil encarasse a Argentina na semifinal. Nas duas vezes o time de Messi perdeu na decisão e não ficou com o troféu.

O encontro desta próxima terça (2), portanto, será histórico. Não é sempre, como mostra a história, que a maior rivalidade do futebol mundial se vê frente a frente em um mata-mata de Copa. O fato de o jogo ser no Brasil, e de Messi precisar de um título pela Argentina, tornam o confronto ainda mais delicado. Que todos desfrutem.

Sobre o Autor

Marcel Rizzo - Formado em jornalismo em 2000 pela PUC Campinas, passou pelas redações do Lance!, Globoesporte.com, Jornal da Tarde, Portal iG e Folha de S. Paulo, no qual editou a coluna Painel FC. Cobriu Copas do Mundo, Olimpíada e dezenas de outros eventos esportivos.

Sobre o Blog

Notícias dos bastidores do esporte, mas também perfis, entrevistas e personagens com histórias a contar.

Mais Blog do Marcel Rizzo