Topo
Blog do Marcel Rizzo

Blog do Marcel Rizzo

Categorias

Histórico

Brasileirão: árbitro muda mais de 80% de decisões após revisão pelo VAR

Marcel Rizzo

13/08/2019 04h00

Em mais de 80% das revisões do VAR a marcação inicial de campo é alterada em jogos do Campeonato Brasileiro. Os números são da comissão de arbitragem da CBF, atualizado até a 13ª rodada da Série A.

Foram 64 lances revisados pelo árbitro de vídeo e 53 tiveram mudança de decisão (83%) — 11 (17%), portanto, foram mantidos. Por 44 vezes (69%) o árbitro principal foi até a área denomina ARA, na beira do gramado, checar o monitor ele mesmo, todos em lances interpretativos — 20 (31%), todos objetivos, foram decididos pelos árbitros na sala de controle do VAR.

LEIA MAIS:

"VAR só deve se envolver quando o erro for óbvio", diz protocolo atualizado

CBF tem VAR turbinado na Copa do Brasil, diferente do usado no Brasileiro

Entenda como funciona o VAR

Essa chamada do árbitro à lateral em lances interpretativos tem sido uma das principais críticas ao VAR no Campeonato Brasileiro. Não há dado disponível de quantas vezes o juiz principal que foi ao monitor mudou de decisão, mas está alinhado com os 80% geral apurou o blog. Há orientação de que a chamada só ocorra se forem identificados "erros claros e óbvios". Como mostrou o blog a palavra óbvio foi incluída no texto de orientação aos árbitros sobre o VAR.

Jogadores do Palmeiras, por exemplo, reclamaram do segundo pênalti a favor do Bahia, no empate por 2 a 2 no domingo (11), no Allianz Parque. No lance, o zagueiro palmeirense Luan e o atacante rival Arthur Caike se chocam na área, em uma jogada que dividiu até comentaristas de arbitragem. Alguns viram a falta de Luan no contato com a perna adversária, outros que o atleta do Bahia furou e acertou Luan. Lance duvidoso, que teve marcação de campo como não pênalti, mas que acabou sendo revisado pelo VAR. Pelo protocolo a equipe na cabine entendeu que o pênalti foi "claro e óbvio".

A avaliação na CBF é que há ajustes a serem feitos, mas que pelas características do futebol brasileiro, mais faltoso do que em outros países, por exemplo, o resultado tem sido satisfatório apesar de críticas ocorrerem de "todos os lados" — leia-se imprensa e torcedores. Ainda há preocupação com a demora em algumas das revisões.

Sobre o Autor

Marcel Rizzo - Formado em jornalismo em 2000 pela PUC Campinas, passou pelas redações do Lance!, Globoesporte.com, Jornal da Tarde, Portal iG e Folha de S. Paulo, no qual editou a coluna Painel FC. Cobriu Copas do Mundo, Olimpíada e dezenas de outros eventos esportivos.

Sobre o Blog

Notícias dos bastidores do esporte, mas também perfis, entrevistas e personagens com histórias a contar.

Mais Blog do Marcel Rizzo