Topo
Blog do Marcel Rizzo

Blog do Marcel Rizzo

Categorias

Histórico

Fortaleza arrecada menos em jogo com Palmeiras após polêmica dos ingressos

Marcel Rizzo

23/09/2019 10h35

O Fortaleza arrecadou R$ 187.660 com a venda de ingressos para o setor superior norte da Arena Castelão na derrota de 1 a 0 para o Palmeiras, na tarde deste domingo (22) — para uma receita total de R$ 559.717. O valor é bem inferior ao que o clube conseguiu para a mesma área, destinada às torcidas visitantes, contra São Paulo e Corinthians, que também costumam levar muitos torcedores em jogos na capital cearense.

A venda de entradas para o confronto foi marcada por polêmica. O Palmeiras acionou o STJD (Superior Tribunal de Justiça Desportiva) questionando o valor de R$ 110 cobrado para seus torcedores no Castelão alegando que era superior aos R$ 50 da torcida mandante para o setor superior sul que, para os palmeirenses, é equivalente o que contraria a legislação.

O tribunal deu uma liminar favorável ao Palmeiras e o Fortaleza decidiu, então, encerrar a venda aos visitantes e abrir o setor para seus torcedores, pelo mesmo valor de R$ 110. O clube alega que os setores não eram iguais e o caso pode abrir precedente sobre preço de ingressos para as próximas partidas, o que preocupa os cartolas cearenses.

LEIA MAIS:

Confusão entre torcedores do Fortaleza e do Palmeiras acaba em cassetete

Palmeiras vence o Fortaleza em jogo feio e continua colado no Flamengo

Contra o São Paulo (derrota por 1 a 0), no início do primeiro turno, o Fortaleza arrecadou com o setor de visitante R$ 347.050, para uma receita total de R$ 944.477. Nos 3 a 1 desfavorável frente ao Corinthians, a área da torcida paulista rendeu R$ 299.750 para uma receita total de R$ 863.097.

Nos dois jogos o valor do ingresso inteiro cobrado dos visitantes foi de R$ 100, só um pouco inferior ao preço dos bilhetes vendidos aos palmeirenses antes da liminar do STJD. Os R$ 10 a mais nesse jogo foi porque, na partida em São Paulo, o valor cheio cobrado da torcida do Fortaleza foi de R$ 110.

A receita líquida, o que de fato entra na conta do clube, também acabou sendo menor contra o Palmeiras do que comparado aos confrontos contra São Paulo e Corinthians. Neste último domingo foi de R$ 197.090 contra R$ 467.329,41 diante do São Paulo e 386.704,13 frente ao Corinthians.

O Fortaleza fez dez jogos como mandante no Brasileiro até agora e somente no primeiro, contra o Athletico, na segunda rodada, cobrou valor menor para o setor de visitantes, R$ 50. Com exceção do confronto frente ao Palmeiras, que estava a R$ 110, o clube cearense cobrou R$ 100 no setor superior norte até mesmo em partidas contra times de menor torcida, como Avaí e Goiás. Contra os catarinenses, por exemplo, só foram vendidos 23 bilhetes para o superior norte, e apenas dois inteiros (o restante foi meia-entrada). Nesse jogo o time acabou com prejuízo de R$ 5.964 na renda líquida.

Sobre o Autor

Marcel Rizzo - Formado em jornalismo em 2000 pela PUC Campinas, passou pelas redações do Lance!, Globoesporte.com, Jornal da Tarde, Portal iG e Folha de S. Paulo, no qual editou a coluna Painel FC. Cobriu Copas do Mundo, Olimpíada e dezenas de outros eventos esportivos.

Sobre o Blog

Notícias dos bastidores do esporte, mas também perfis, entrevistas e personagens com histórias a contar.

Mais Blog do Marcel Rizzo