Topo

Histórico

Categorias

Paulistão-2020 terá rodada em data-Fifa ou mata-mata em jogo único

Marcel Rizzo

05/10/2019 04h00

Os clubes vão decidir, no conselho técnico da Série A1 em 22 de outubro, o que fazer com o Campeonato Paulista depois de a CBF oficializar em seu calendário que os estaduais, em 2020, terão 16 datas em vez das 18 dos últimos anos. Há três opções, segundo o blog apurou, e em duas delas o torneio continuaria com 18 rodadas, incluindo as finais. Seria possível fazer isso com o aval dos clubes para jogar, por exemplo, em datas-Fifa:

1) Se a determinação das 16 datas for cumprida, a solução para a Federação Paulista de Futebol (FPF), neste momento, é repetir regulamento usado alguns anos atrás, com quartas de final e semifinal em partida única, com o time com melhor campanha como mandante. Este modelo vigorou entre 2011 e 2016, com dois jogos apenas na final — nos últimos três anos houve também partidas de ida e volta nas quartas e na semifinal, considerado mais justo.

LEIA MAIS:

Calendário da CBF: Copa América desfalca times em nove rodadas da Série A em 2020

Calendário de 2020 já gera impasse entre paulistas, cariocas e a CBF

Conmebol prefere Brasileiro parado se país receber a final da Libertadores em 2020

2) A primeira opção de estender por 18 datas seria usar as datas das primeiras fases da Libertadores, que alguns chamam de "pré-Libertadores". O presidente da FPF, Reinaldo Carneiro Bastos, confirmou ao blog do jornalista Rodrigo Mattos no inicio de setembro que esta é uma possibilidade, mas tem um porém: não pode ter paulistas nessa disputa. São quatro datas reservadas para as duas fases que os brasileiros podem jogar nessa etapa da Libertadores: 5,12,19 e 26 de fevereiro.

Palmeiras, Corinthians, Santos e São Paulo aparecem, hoje, entre os sete primeiros do Brasileiro. O quinto e o sexto disputam as primeiras etapas da Libertadores nas datas que a FPF poderia usar para manter o Paulistão em 18 rodadas, mas caso Flamengo ou Grêmio conquistem a Libertadores-2019 e apareçam entre os seis primeiros do Brasileiro, o sétimo colocado iria para a competição continental. Pelo cenário atual é improvável que não haja um paulista na chamada "pré-Libertadores", o que inviabilizaria essa possibilidade.

3) A segunda opção mantendo 18 datas é que haja duas rodadas nas datas-Fifa de março. A CBF, ao montar seu calendário, evitou coincidir torneios nos dias em que as seleções entram em campo — apesar de o Brasileiro não parar durante a Copa América, desfalcando os times por no mínimo nove rodadas, e ter partidas nos dias seguintes ao fim das datas-Fifa.

Para ter rodadas do Paulistão entre os dias 25 (uma quarta) e 29 (um domingo) de março, quando a seleção brasileira estará estreando nas eliminatórias para a Copa do Qatar-2022, a FPF precisaria do aval da CBF, mas principalmente dos grandes clubes paulistas, que poderiam perder jogadores nessas duas rodadas do Estadual.

Esta terceira possibilidade é, neste momento, a que mais agrada cartolas, apurou o blog. O Paulistão, em março, estará na reta final da primeira fase, mas isso não seria problema para os grandes clubes que pudessem perder atletas já que dificilmente caem nessa etapa. O cenário seria rum se perdessem atletas no mata-mata, o que não ocorrerá. Pelo calendário da CBF, os Estaduais com 16 datas terão início em 22 de janeiro e término em 26 de abril.

A FPF informou que os clubes decidirão no conselho técnico como querem conduzir a situação.

Sobre o Autor

Marcel Rizzo - Formado em jornalismo em 2000 pela PUC Campinas, passou pelas redações do Lance!, Globoesporte.com, Jornal da Tarde, Portal iG e Folha de S. Paulo, no qual editou a coluna Painel FC. Cobriu Copas do Mundo, Olimpíada e dezenas de outros eventos esportivos.

Sobre o Blog

Notícias dos bastidores do esporte, mas também perfis, entrevistas e personagens com histórias a contar.

Blog do Marcel Rizzo