Topo
Blog do Marcel Rizzo

Blog do Marcel Rizzo

Categorias

Histórico

Opinião: Conmebol tem que pensar em plano B para a final da Libertadores

Marcel Rizzo

23/10/2019 04h00

A Conmebol (Confederação Sul-Americana de Futebol) diz que não avalia tirar a sede da final única da Libertadores de Santiago, no Chile, país que vive crise política com protestos por várias cidades, incluindo a capital. Faltam 30 dias para a partida, em 23 de novembro, e a confederação garante que não há plano B. Pois deveria ter, não só plano B, mas talvez um C e até um D.

É possível que em 30 dias a situação na capital chilena esteja normalizada? Sim. É possível que em 30 dias a situação em Santiago esteja igual? Sim. É possível que em 30 dias a situação no país esteja pior? Sim. É impossível prever o que ocorrerá por lá — hoje o Chile vive um toque de recolher que fez a própria Conmebol cancelar, nesta terça (22), a Copa América de futsal, que ocorreria na cidade de Los Ángeles este mês ainda. Como a entidade, então, pode garantir que será seguro disputar a final em Santiago?

LEIA MAIS:

Conmebol suspende Copa América de futsal por causa de protestos no Chile

Conmebol e o que fazer se a situação política no Chile continuar instável

Não pode garantir. Seria um problemão trocar a sede? Com certeza. Já há ingressos vendidos, inclusive cotas exclusivas para chilenos, já há ativações de patrocinadores preparadas para a semana que antecede ao jogo, o estádio Nacional está reservado para a data, com pagamento de aluguel acertado. Mas adiar qualquer discussão de o que se fazer se o confronto não puder ser lá é errado e desrespeito com quem já comprou ingressos.

Claro que os cartolas podem estar com esse discurso oficial, mas nos bastidores já estejam se mexendo por uma mudança. Um alto dirigente da entidade me disse que há um pequeno movimento começando para debate sobre mudança, mas que ninguém sabe muito bem o que fazer. A final terá um brasileiro contra um argentino, por isso seria descartado jogar em um dos dois países. Montevidéu? Assunção? Essas duas serias opções mais viáveis, mas nunca descarte que o confronto vá para fora do continente, vide a final da Libertadores-2018 que foi em Madri.

Flamengo e Grêmio decidem nesta quarta (23) qual será o time brasileiro na final única da Libertadores. O River Plate se garantiu na noite desta terça (22), passando pelo rival Boca Juniors. É bom torcedores desses times começarem a se preocupar se já compraram passagem e reservaram hotel em Santiago.

Sobre o Autor

Marcel Rizzo - Formado em jornalismo em 2000 pela PUC Campinas, passou pelas redações do Lance!, Globoesporte.com, Jornal da Tarde, Portal iG e Folha de S. Paulo, no qual editou a coluna Painel FC. Cobriu Copas do Mundo, Olimpíada e dezenas de outros eventos esportivos.

Sobre o Blog

Notícias dos bastidores do esporte, mas também perfis, entrevistas e personagens com histórias a contar.

Blog do Marcel Rizzo