Blog do Marcel Rizzo

Arquivo : Santos; Corinthians; São Paulo; Palmeiras; Campeonato Paulista; FPF; CBF

Mesmo sem reforço, Santos é grande paulista que começa ano com mais atletas
Comentários Comente

Marcel Rizzo

Apesar de ser o clube que até o momento menos contratações fez entre os quatro de maior orçamento e torcida do futebol paulista (não fez nenhuma), o Santos é o que começou 2019 com mais atletas sob contrato. São 106, segundo dados da Federação Paulista de Futebol (FPF). Na sequência aparece o Palmeiras (101), depois Corinthians (95) e São Paulo (88).

Nessa lista inclui jogadores do time principal, claro, mas também aqueles que voltam de empréstimo e não interessam e outros que ainda atuam na categoria de base mas já assinaram acordos como profissional. Esse número costuma diminuir nos próximos meses com negociações e dispensas.

O Corinthians, por exemplo, já cedeu ao menos 16 jogadores de sua lista para empréstimos em 2019 — casos de Matheus Matias, atacante que vai atuar pelo Ceará, e de Camacho, reemprestado ao Athletico. No Palmeiras, o técnico Luiz Felipe Scolari conta com cerca de 35 jogadores em seu elenco no momento, mas quer enxugar o número para menos de 30. Os mais de 100 sob contrato, portanto, tem como maioria jogadores que serão emprestados ou utilizados de fato somente pelos times de base, se tiverem idade compatível.

2019 começa como ano em que os clubes apresentam listas menores de atletas com contrato. Houve época em que os times mantinhas equipes B, em que jogadores às vezes com mais de 30 anos estavam sob contrato jogando divisões inferiores do Campeonato Paulista. Isso gerava listas de profissionais sob contrato que iniciavam uma temporada com mais de 150 nomes — o que fazia com que inícios de ano significassem folhas salariais mais caras.

No Santos, o atacante Rodrigão, destaque do Avaí na Série B de 2018, retornou do empréstimo, mas deve ser negociado. O volante Leandro Donizete renovará seu empréstimo com o América-MG até recuperar lesão no joelho que sofreu na equipe mineira — seu acordo com o time paulista só termina em dezembro de 2019.


< Anterior | Voltar à página inicial | Próximo>