Topo
Blog do Marcel Rizzo

Blog do Marcel Rizzo

Categorias

Histórico

Palmeiras e Athletico sem VAR? CBF garante vídeo em jogos que não terão TV

Marcel Rizzo

2018-04-20T19:04:00

18/04/2019 04h00

VAR será usado nas 380 partidas da Série A em 2019 (Crédito: Luciano Belford/AGIF)

A CBF (Confederação Brasileira de Futebol) confirmou o VAR nos jogos que até o momento não têm programado qualquer transmissão via TV ou internet no Campeonato Brasileiro. Havia dúvida de como seria feito já que o protocolo do árbitro de vídeo prevê que as imagens repassadas à sala de controle são as geradas pelas emissoras detentoras dos direitos, que não levarão seus equipamentos para essas partidas. Como o Palmeiras ainda não fechou com a Globo para TV aberta e pay-per-view e o Athletico-PR para o PPV, sete confrontos das nove primeiras rodadas da Série A, que já tiveram datas e horários desmembrados, estão "no escuro" até o momento.

"Não tenha dúvida que tecnicamente será resolvido. Para o árbitro de vídeo [nos jogos sem transmissão] teremos as câmeras, não sei se terá para a transmissão, mas para o árbitro de vídeo sim", disse ao blog Leonardo Gaciba, recém nomeado chefe da comissão de arbitragem da CBF.

A entidade terá que montar toda uma estrutura de câmeras para que o árbitro de vídeo tenha as imagens necessárias para realizar o trabalho — é exigido um mínimo de oito câmeras para dar funcionamento ao VAR. O custo, apurou o blog, está dentro dos R$ 12 milhões que a CBF bancará pela tecnologia nos 380 jogos da Série A (os clubes serão responsáveis por dividir os cerca de R$ 7 milhões restantes). A empresa contratada para operar o sistema é a mesma da Copa do Mundo da Rússia, a Hawk-eye.

LEIA MAIS:

VAR no Brasileiro custará R$ 19 mi e terá empresa da Copa; times pagam parte

"Têm alguns jogos na Premiere [pay-per-view] que a transmissão te dá sete câmeras, por exemplo, então temos que contratar uma oitava câmera. Então nesses jogos que podem não ter transmissão a CBF tem toda uma estrutura, senão não sai o árbitro de vídeo", disse Gaciba.

Pelo entendimento da legislação brasileira, o direito de transmissão pertence aos dois clubes que entram em campo, portanto é preciso o aval de ambos para passar na TV ou internet. Como Palmeiras e Athletico fecharam com a Turner em TV fechada (transmissões no canal TNT, além de internet), jogos entre essas equipes e outras que assinaram com a Globo não passam na fechada e nenhum outro meio caso a dupla não se acerte com a emissora do Rio (no caso do Athletico para o pay-per-view). No momento, por exemplo, clássicos como Palmeiras x Corinthians ou Palmeiras x São Paulo não teriam qualquer transmissão ao vivo no Brasileirão que começa logo mais.

O entrave entre Palmeiras e Globo é um redutor, de até 20%, que a emissora quer colocar no contrato de TV aberta pelo fato de os paulistas terem fechado com a Turner para fechada. Há também discussão sobre critério de divisão da bolada do pay-per-view que levará em conta, por exemplo, audiência.

OS JOGOS DAS PRIMEIRAS RODADAS QUE NO MOMENTO ESTÃO SEM QUALQUER TRANSMISSÃO

Rodada 2 – CSA x Palmeiras
Rodada 3 – Chapecoense x Athletico
Rodada 4 – Atlético-MG x Palmeiras
Rodada 6 – Botafogo x Palmeiras
Rodada 7 – Chapecoense x Palmeiras
Rodada 9 – Palmeiras x Avaí e Goiás x Athletico

Sobre o Autor

Marcel Rizzo - Formado em jornalismo em 2000 pela PUC Campinas, passou pelas redações do Lance!, Globoesporte.com, Jornal da Tarde, Portal iG e Folha de S. Paulo, no qual editou a coluna Painel FC. Cobriu Copas do Mundo, Olimpíada e dezenas de outros eventos esportivos.

Sobre o Blog

Notícias dos bastidores do esporte, mas também perfis, entrevistas e personagens com histórias a contar.

Mais Blog do Marcel Rizzo